Bem viver
11
abril

Mães: como melhorar a saúde mental

Ser mãe é algo realmente encantador, no entanto, o acúmulo de funções atrapalha a saúde mental de qualquer pessoa e com as mulheres não é diferente. Preocupações diversas que incluem filhos, casa e trabalho fazem com que as mães queiram dar conta de tudo e é neste ponto que os problemas iniciam.

A exaustão resultante do gerenciamento de diversas tarefas e o pensamento de que a mãe deve ser responsável por tudo, oferece uma possível sensação de culpa caso algo saia fora do planejando.

Resumindo, a carga mental em cima das mães durante geralmente é muito pesada, e afeta a saúde mental de muitas. Afinal, é difícil dar conta de tudo e ter 100% de certeza sobre qualquer decisão e isso acaba afetando a saúde mental.

A gente sabe que as pautas relacionadas à saúde mental das mães são muito delicadas, tendo em vista que normalmente os sintomas do cansaço emocional não têm aspectos físicos tão aparentes quanto os da gripe, por exemplo. No entanto, é preciso estar atenta aos sinais para evitar maiores problemas.

A boa notícia é que trouxemos dicas que são muito práticas para te ajudar a lidar com esse problema. São atitudes simples que farão toda a diferença na sua nova rotina. Confira!

Os principais transtornos associados à maternidade

A saúde mental na maternidade vai muito além da depressão pós-parto ou hormônios. Uma análise recente mostrou que cerca de 20% das mães em países em desenvolvimento (que inclui o Brasil) experimentam a depressão pós-parto.

Além disso, você sabia que a morte por automutilação e suicídio é alta em mulheres grávidas? Segundo a revista Pan Americana de Salud Pública, entre 2,7% a 10,9% das mulheres grávidas apresentam ideação suicida?

Disso seguem diversos problemas como lesões autoinfligidas (maior causa de morte que o próprio suicídio) até a execução do ato.

3 Dicas para melhorar a saúde mental das mães

1. Fortaleça vínculos

Tire proveito do tempo com seu filho. Crie atividades colaborativas. Essa é uma oportunidade de aumentar as interações e desenvolver vínculos mais fortes. Vale incluir a arrumação da casa e do quarto nesse convívio. Ou mesmo compartilhar o tempo juntos enquanto fazem uma receita ou praticam algum esporte.

2. Estabeleça prioridades e flexibilize demandas

Casa arrumada ou alimentação saudável? Uma forma de ajudar a ter uma rotina mais saudável é priorizar o que é essencial, distribuindo funções e estabelecendo horários para realização dessas atividades. Peça para as outras pessoas da sua família ajudar e não sobrecarregue as funções.

3. Cuide de si própria

O que faz você relaxar? Pode ser a leitura de um livro, escutar músicas, dançar, ver filmes, novelas, meditar, pintar, desenhar, brincar com os filhos, escrever etc. Os pequenos rituais também têm grande valor para melhorar a saúde mental. 

Passe um creme no cabelo ou no corpo; não de forma automática, mas sentindo o perfume, se massageando. Cuide de si e lembre-se que esse é um momento de respiro e carinho consigo. Momentos como esses são necessários para drenar a energia acumulada.

Aproveite as dicas e comece hoje mesmo a cuidar da sua saúde mental. Continue acompanhando nosso blog para mais conteúdos como este.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM


Como mudar a decoração do quarto com roupas de cama
Travesseiros antimicrobianos
Entenda como o travesseiro pode estar relacionado às suas dores de coluna
O que significa cada símbolo de lavagem nos produtos
Como a escolha de uma roupa de cama de qualidade é importante para a saúde
1234