Bem viver
10
fevereiro

Dicas de segurança na alimentação à beira-mar

O verão é maravilhoso, mas também pode ter seus dissabores propriamente ditos.  É um período em que é preciso ter o mínimo de segurança na alimentação à beira-mar.

As opções gastronômicas disponíveis podem ser verdadeiras armadilhas e originar as já tradicionais viroses (ainda mais em locais sem saneamento básico), ou dores no estômago e intestino, os chamados problemas gastrointestinais.

Por isso, é importante ficar atento aos riscos associados ao consumo de alimentos preparados em ambientes externos ou desconhecidos.

Desta forma, elaboramos um guia de segurança na alimentação à beira da praia, com dicas que podem fazer aquela diferença em suas férias, garantindo bem-estar e saúde no momento em que você só quer relaxar!

Confira a procedência dos alimentos

Ficar atento à qualidade e à procedência dos alimentos, especialmente em ambientes ao ar livre, ajuda a prevenir problemas gastrointestinais. Por isso, evite o consumo de alimentos que você desconhece a procedência e a forma de preparo.

Comidas que foram preparadas fora das normas básicas de higiene ou que tenha sido mal embaladas ou acondicionadas, podem estar contaminadas, gerando um problema gastrointestinal.

Equilíbrio no sal e açúcar

Na escolha das comidas à beira-mar, opte por refeições equilibradas, evitando excessos de alimentos ricos em gorduras saturadas e açúcares. Isso porque os alimentos com excesso de sal e açúcar podem levar o organismo a desidratar mais rapidamente.

Alimentos gordurosos e condimentados

A lista do que deve ser evitado é grande  (como derivados de animais, tais como queijo coalho e espetinho de camarão, por exemplo), afinal não há muitas opções saudáveis na praia.

Mas aquelas refeições elaboradas, com excesso de gorduras e condimentos podem causar disfunções digestivas, que se agravam em dias de calor, causando desidratação.

Cuidado com as frutas cítricas

Em se tratando de alimentação, também fique atento às frutas. É sempre uma boa fonte de alimento, porém as frutas cítricas devem ser consumidas com muito cuidado, pois podem causar queimaduras e manchas na pele (quando combinado com exposição ao sol).

Lugares seguros para comer

No verão, diante das altas temperaturas, a alimentação precisa ser leve e fresca. O ideal é levar lanches ou até evitar comer na areia, priorizando o momento de refeição em algum restaurante próximo ou mesmo em casa. As altas temperaturas na praia favorecem contaminações, por isso todo cuidado é bem-vindo.

Na dúvida, as melhores opções são os alimentos industrializados, embalados, dentro da validade e bem armazenados.

Opções para hidratação

Para hidratação, o melhor é consumir água, engarrafada ou mineral, mas essa pode ser complementada com outros líquidos, como água de coco, sucos e chás, além de alimentos como frutas e vegetais. Bebidas alcóolicas devem ser evitadas, por desidratam.

Gostou das dicas? O blog Bem Viver Bem Dormir, da Altenburg, tem outras dicas para garantir o seu bem-estar. Confira outras postagens sobre saúde e bem-estar e visite também a nossa loja on line com produtos que asseguram conforto e satisfação na hora de dormir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


   Li e aceito a política de privacidade


VEJA TAMBÉM


Estamos revolucionando o sono. Você vem junto?
Altenburg recebe uma das mais importantes premiações do setor hoteleiro
Qualidade do sono: qual a melhor posição para dormir?
Melhor Fornecedor da Hotelaria de 2023: Altenburg vence na categoria Travesseiros
1234