Bem viver
17
janeiro

Whey Protein: saiba mais sobre esse suplemento alimentar

Os suplementos alimentares são produtos desenvolvidos para complementar a alimentação regular. Um dos mais conhecidos é o Whey Protein, uma proteína derivada do soro do leite. Ela é consumida para ajudar na recuperação muscular e no ganho de massa magra.

De acordo com os especialistas, o whey ainda melhora o sistema imune, é rico em aminoácidos essenciais e conta com absorção rápida e alto valor biológico, ou seja, é um suplemento completo de proteínas necessárias ao organismo.

O Whey Protein pode ser ingerido com água, leite ou adicionado a receitas. Os benefícios da ingestão do Whey Protein incluem aumento da síntese proteica, porém, o uso em excesso e sem orientação médica pode sobrecarregar os rins. Logo, a indicação deve ser dada por um médico ou nutricionista.

Como consumir Whey Protein?

Para saber como incluir o Whey Protein na rotina, após a orientação médica, é preciso entender que existem três diferentes versões do suplemento.

O Whay Protein isolado conta com alto teor proteico e baixos carboidratos e gorduras, é mais indicado para pessoas com intolerância à lactose e que buscam o emagrecimento.

Já o Whey Protein concentrado contém lactose e um teor menor de proteínas, se comparado às outras versões, porém, com valores mais acessíveis.

Ainda existe o Whey Protein hidrolisado, que também tem alto teor de proteínas e poucos carboidratos e gorduras, porém, tem uma absorção ainda mais rápida, indicado para quem visa alta performance.

Todas essas versões podem ser encontradas em forma de pó, o que facilita o consumo no dia a dia. O Whey Protein ainda pode ser encontrado em sabores, como chocolate, morango e baunilha, e consumido com água ou leite.

Outra opção é utilizá-lo em receitas de bolo ou misturado a frutas.

Benefícios

Além do ganho de massa muscular (hipertrofia), o consumo de Whay Protein está associado a uma série de benefícios para quem realiza atividades físicas frequentes, tais como aumento de desempenho, recuperação muscular e como suplemento nutricional. Descubra mais sobre os benefícios a seguir.

Aumento de desempenho

As proteínas também ajudam no aumento da força. Desse modo, se o objetivo é treinamento muscular, é possível ter um aumento da performance com a suplementação adequada.

Recuperação muscular

Esse benefício vai ser percebido após a realização da atividade física. É que o Whey minimiza aquele desconforto das dores musculares, principalmente, após atividades de alto impacto.

Desta forma, ingerir o Whey Protein no pós-treino ajuda na recuperação dos músculos e na prevenção dessas dores na rotina de treinamento muscular.

Suplemento nutricional

Indicado para pessoas que consomem baixa quantidade de proteínas no dia a dia e, desta firma, apresentam um déficit nutricional.

Isso porque a proteína do soro do leite auxilia no combate à desnutrição e no controle do peso corporal. Por isso, pode ser indicado por nutricionistas para indivíduos que apresentam esses quadros.

Melhor Horário

A ingestão do Whey Protein dependerá dos seus objetivos. Por exemplo, caso tu prefira consumir ao acordar, vais garantir uma melhora na reposição de nutrientes do corpo e evita a perda de massa magra.

Se a preferência for consumir prá-treino, a ideia é garantir energia durante os exercícios e diminuir o catabolismo. Já o consumo pós-treino favorece a hipertrofia (ganho de massa muscular) e a recuperação muscular.

Efeitos colaterais

É importante salientar os problemas que o uso inadequado ou não recomendado de Whey Protein pode trazer. Isso porque o aumento do consumo de proteínas pode trazer efeitos indesejados para o organismo, sobretudo quando há excessos.

No caso do Whay Protein concentrado, existem outros ingredientes e nutrientes na composição, como carboidratos e gorduras. Isso pode promover o aumento do peso corporal e da gordura localizada.

Além disso, saiba também que esses suplementos são excretados pelo corpo pela urina. Desta forma, passam pelos rins, que podem ficar sobrecarregados, aumentando as chances de desenvolvimento de cálculo renal.

O fígado é outro órgão que pode ficar sobrecarregado com o consumo excessivo de Whey Protein, promovendo a insuficiência hepática em casos mais graves.

Por esse motivos, a suplementação só deve ser realizada com avaliação médica e acompanhamento profissional, para justamente garantir o uso adequado e não sofrer efeitos colaterais. O problema está no uso dos suplementos de maneira indiscriminada.

O que você achou das informações? Alguma dúvida sobre o assunto? Comenta no blog e fique ligado nas nossas redes sociais para conferir dicas de Bem Dormir e Bem Viver!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


   Li e aceito a política de privacidade


VEJA TAMBÉM


Estamos revolucionando o sono. Você vem junto?
Altenburg recebe uma das mais importantes premiações do setor hoteleiro
Qualidade do sono: qual a melhor posição para dormir?
Melhor Fornecedor da Hotelaria de 2023: Altenburg vence na categoria Travesseiros
1234