Bem viver
12
novembro

Por que é tão difícil dormir fora de casa?  

Parte do cérebro permanece em estado de alerta, prejudicando seu sono 

A primeira noite de sono longe da sua cama pode ser bem complicada, mesmo em ambientes confortáveis e silenciosos. Para entender os motivos de tanta dificuldade em dormir fora, a Altenburg separou as seguintes informações, confira. 

O que nos deixa sem dormir? 

Segundo estudo publicado pela revista científica Current Biology, os obstáculos para pegar no sono em um lugar estranho possuem relação com o instinto de sobrevivência.  

Isto porque o sono atribulado serviu de mecanismo para manter nossos ancestrais alertas quando dormiam em um novo local. O recurso permanece até hoje em nossa biologia, e mantém o cérebro alerta e atento a qualquer perigo que possa surgir no ambiente desconhecido.  

Como funciona o processo? 

Quando dormimos longe de um ambiente familiar, o hemisfério esquerdo do cérebro permanece mais ativo, mantendo o sono em um nível mais superficial.  

Este estado de assimetria cerebral ocorre de maneira involuntária, e atua para garantir a sobrevivência da espécie.  

De acordo com a pesquisa, esta atividade cerebral durante o sono não é exclusividade dos humanos, podendo ser observada em outros mamíferos como baleias, focas e golfinhos.  

Mesmo não apresentando um nível de assimetria tão elevado como em outros animais, o cérebro humano nos mantém alertas e protegidos de potenciais perigos.  

Como isso foi constatado?  

Os pesquisadores da Universidade Brown, nos Estados Unidos, analisaram as atividades cerebrais de 11 voluntários. Os participantes do teste passaram duas noites no laboratório, e receberam travesseiros e colchas para tornar o sono mais confortável. 

Na primeira noite, os voluntários demoraram para dormir e tiveram um sono mais leve. Enquanto eles dormiam, os cientistas mediam a atividade dos neurônios que têm ligação mais próxima com o sono profundo. Eles descobriram que em um dos hemisférios cerebrais, o esquerdo, este tipo de estímulo foi menos intenso, mantendo o cérebro parcialmente desperto.  

Já na segunda noite de sono, os participantes conseguiram pegar no sono rapidamente, já que a atividade cerebral se manteve normal, sem atingir o modo de alerta.  

Se prepare para dormir fora  

Você pode se preparar para dormir fora de casa e melhorar a qualidade do seu sono. Para isso, leve um travesseiro e torne o ambiente mais familiar.  

Se você vai viajar para um evento importante, uma boa ideia é chegar com duas noites de antecedência. Assim, mesmo que você estranhe a primeira noite de sono, na segunda já conseguirá dormir bem melhor. 

 

Agora que você já sabe como se preparar para uma noite de sono fora de casa, que tal investir na qualidade do seu descanso? Acesse o site da Altenburg e escolha o melhor travesseiro para embalar seu sono em qualquer lugar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM


natal
5 Dicas Para Criar uma Cama Aconchegante no Natal
7 Ideias de Decoração de Natal
cabana de natal
5 Dicas Para Criar Sua Própria Cabana de Natal
pinheiro pisca-pisca
5 Dicas Para Criar Um Pinheiro Pisca-pisca
1234