Bem viver
2
março

Mês do sono: como tratar os distúrbios do sono mais comuns

Você já deve ter ouvido falar em distúrbios do sono. Talvez você até apresente algum deles, mas ainda não ligou os sintomas que se apresentam no seu corpo com as noites mal dormidas. Por exemplo: se você anda com alterações de humor, esquecimentos ou já acorda cansado, pode estar passando por algum destes problemas sem nem imaginar.

Por isso, separamos aqui no blog Bem dormir, bem viver um pequeno resumo sobre os mais comuns distúrbios do sono e como lidar com eles.

Este post faz parte do nosso Mês do Sono, programação especial de postagens aqui neste espaço que vai abordar questões relacionadas a este tema, fundamental para nossa saúde e qualidade de vida.

Veja quatro dos mais comuns distúrbios do sono:

1 – Síndrome das pernas inquietas

Como o nome já diz, quem tem essa síndrome sente uma vontade muito forte de movimentar as pernas. Isso atrapalha a qualidade do sono. Essa inquietude acontece antes de dormir e durante o descanso. Isso causa agitação e ainda, para quem está em um relacionamento, pode prejudicar a noite do seu cônjuge. Há medicamentos para tratar o problema. Se é o seu caso, procure um médico o quanto antes.

2 – Apneia obstrutiva do sono

Bastante perigosa, a apneia causa a interrupção da respiração por alguns segundos enquanto a pessoa dorme. E ela nem percebe! Entre os sintomas deste, que é um dos mais comuns dos distúrbios do sono, costuma ter dificuldade de concentração, perda da libido, sonolência, irritabilidade e suor excessivo. A obesidade é um dos fatores que agrava a situação. No tratamento, quando a apneia já está em um estado de moderado a avançado é utilizada uma máscara nasal que evita a obstrução das vias aéreas.

O assunto é bastante sério e precisa de atenção!

3 – Ronco

Em alguns casos o ronco é tão alto que atrapalha não só o sono do companheiro, como o da própria pessoa que ronca. Essa é uma situação chata e perigosa: geralmente o barulho pode ser um sintoma, e não um problema isolado. Medidas simples podem evitar o problema quando o caso é inicial. Dormir com a barriga para cima, por exemplo, provoca o ronco. Por isso, a posição ideal é de lado.

A escolha do travesseiro também faz toda a diferença para manter a postura correta. Para quem ronca e tem dificuldade de dormir de lado, uma boa opção pode ser usar o travesseiro de corpo (body pillow).

4 – Bruxismo

Ranger e apertar os dentes com muita força enquanto dorme é considerado bruxismo. O ato é involuntário, insciente e causa dor no maxilar, além de desgastes na arcada dentária. O uso de uma proteção nos dentes, indicada pelo especialista, ameniza o incômodo.

disturbios do sono

Ninguém merece sofrer com esses probleminhas. Dormir é um dos melhores prazeres da vida. Então não esqueça o quanto é importante cuidar bem da sua saúde em todos os sentidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM


Cinza é o novo preto: confira porque esse tom é tendência
Três dicas para curtir a Copa do Mundo em casa
Quiz: como está o seu travesseiro?
Dia dos namorados: esqueceu o presente? Faça uma surpresa!
1234