Bem viver
22
julho

Aromaterapia: o que é e como incluí-la na sua rotina

 A aromaterapia tem recebido muita atenção recentemente por ajudar com quase tudo, desde dores de cabeça, ansiedade e até a dormir melhor. Mas, esses óleos concentrados à base de plantas funcionam? 

De acordo com a Associação Brasileira de Medicina Complementar, a aromaterapia é um tratamento olfativo curativo alternativo, e tem um impacto positivo na saúde e bem-estar das pessoas, desde que seja usado corretamente. 

O que é aromaterapia 

Aromaterapia é uma técnica que faz o uso de óleos essenciais para benefício terapêutico. Usada há séculos, esta prática faz com que através do olfato as moléculas dos óleos viagem dos nervos olfativos diretamente para o cérebro, onde afetam especialmente a amígdala, o centro emocional do cérebro. 

Quais são os benefícios desta terapia

 Muitas pessoas se perguntam quais são os benefícios da aromaterapia, e podemos dizer que são vários. Essa terapia ajuda nas seguintes condições: 

  • Náuseas; 
  • Dores de cabeça e no corpo; 
  • Ansiedade, agitação, estresse e depressão; 
  • Fadiga e insônia;
  • Problemas circulatórios;
  • Problemas menstruais; 
  • Queda de cabelo e muitos outros. 

 Como podemos ver, a aromaterapia faz bem tanto para a mente quanto para o físico, e proporciona melhora significativa no bem-estar das pessoas. Porém, vale ressaltar que ela serve como terapia complementar e apoio aos tratamentos convencionais. 

Óleos essenciais — Para que serve cada um

 Depois de vermos sobre os benefícios desta terapia, vamos conhecer alguns dos óleos essenciais mais comuns utilizados. 

  • Alecrim: pode promover o crescimento do cabelo, aumentar a memória, prevenir espasmos musculares e apoiar os sistemas circulatório e nervoso;
  • Lavanda: extremamente associado ao relaxamento, diminuindo a insônia, estresse e dores de cabeça;
  • Gerânio: auxilia na redução dos sintomas causados pela TPM e menopausa. Além disso, também atua como um repelente de mosquitos natural; 
  • Melaleuca: ligado ao fortalecimento da imunidade, auxiliando na cicatrização de marcas na pele e redução de acne; 
  • Bergamota: é considerado útil para o trato urinário e digestivo. Quando combinado com óleo de eucalipto, pode ajudar a aliviar problemas de pele, incluindo aqueles causados ​​por estresse e catapora;
  • Limão: potencializa a concentração, aumenta o ânimo e fortalece o sistema imunológico. Um combo completo que atua muito bem contra gripes e resfriados; 
  • Camomila: um calmante natural, auxilia na melhora do sono e tensão muscular. Além disso, ele também é indicado para auxiliar tratamentos de eczema;
  • Eucalipto: comumente usado contra problemas respiratórios, o eucalipto auxilia na redução de congestão nasal, dores de cabeça e tensões musculares; 
  • Manjericão: é usado para aguçar a concentração e aliviar alguns dos sintomas da depressão. Pode aliviar dores de cabeça e enxaquecas. Ele deve ser evitado durante a gravidez;
  • Pimenta-preta: é comumente usada para estimular a circulação, dores musculares e contusões. Combinado com o óleo essencial de gengibre, é usado para reduzir a dor da artrite e melhorar a flexibilidade;
  • Cravo: é um analgésico comumente usado para dor de dente. Também é usado como antiemético e antiespasmódico, prevenindo vômitos e náuseas, e como carminativo, evitando gases no intestino. Possui propriedades antimicrobianas, antioxidantes e anti fúngicas.

Além desses, existe uma infinidade de óleos essenciais que podem auxiliar para diversas outras condições. Os tratamentos serão adequados às necessidades físicas e mentais do indivíduo e com base nessas necessidades, o aromaterapeuta pode recomendar um único óleo ou uma mistura. 

Como fazer aromaterapia em casa

Entre as diversas maneiras de fazer a aromaterapia, o jeito mais comum é através de difusores para óleos essenciais e umidificadores. São vários os modelos de aparelhos disponíveis que podemos encontrar, mas o funcionamento é bem padrão, basta colocar água no recipiente e adicionar algumas gotas do óleo escolhido, daí é só ligar. 

Por fim, o item também serve como uma peça de decoração para a sua casa e você pode encontrá-los com facilidade.

Gostou do artigo? Continue acompanhando nosso blog e receba mais conteúdos como este.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM


Como mudar a decoração do quarto com roupas de cama
Travesseiros antimicrobianos
Entenda como o travesseiro pode estar relacionado às suas dores de coluna
O que significa cada símbolo de lavagem nos produtos
Como a escolha de uma roupa de cama de qualidade é importante para a saúde
1234