Bem viver
15
novembro

Como escolher a cortina correta para cada janela?

Talvez você não dê muita importância na hora de escolher a cortina para sua casa, mas saiba que além de cumprir sua função de privacidade e luminosidade no ponto certo, as cortinas dão um toque especial na decoração dos ambientes. 

As cortinas são capazes de fazer uma sala de estar, mas apenas quando escolhidas de forma correta. Quando se trata da peça certa para cobrir as janelas, as questões envolvem cor, tecido, estampa, acabamento, comprimento e forro.

Saber exatamente qual material usar em cada ambiente, quais cores e tamanhos pode deixar várias dúvidas, por isso, separamos algumas dicas para você escolher a cortina certa para sua casa!

Medindo sua janela

É essencial ter a medida da janela em mãos na hora de escolher sua cortina! A área que a cortina cobrirá, precisa ser no mínimo 30cm maior que a janela na largura e 45cm maior na altura. Assim, cobrindo toda a janela, e sobrando alguns centímetros, para que não dê a impressão da cortina ser pequena.

A altura da cortina também precisa ser pensada por primeiro. Se você deseja uma cortina que alcance até o chão, nossa dica é que escolha uma cortina a partir de 2,30M, lembrando de medir a altura do seu varão até o chão! Se a cortina for cobrir apenas a janela, medidas menores, atenderão o pedido!

Funcionalidade da cortina

Depois de tirar as medidas da parede passe para o próximo passo que é analisar a funcionalidade da cortina. Ou seja, verifique qual será a principal função da peça: bloquear a luz, trazer privacidade ou apenas decorativa. Você irá precisar adequar a cortina para cada uma dessas funções.

Varão ou trilho?

A escolha do suporte da cortina para o quarto vai depender do estilo da decoração e das limitações que seu cômodo apresenta. Se optar pelo trilho, o ideal é que haja na parte superior algum tipo de acabamento de gesso ou madeira onde ele possa ser embutido.

No caso do varão, deixe-o à mostra e combine com os móveis do ambiente. Escolha entre cores neutras, acabamentos de madeira ou metal.

Qual material escolher

Para definir o estilo e escolher a cortina certa é preciso primeiro entender quais são as necessidades do ambiente. Tecidos leves, como o voil, o chiffon e o shantung são apropriados se você quiser deixar passar o máximo de luminosidade possível, além de serem ótimos para criar um ambiente charmoso e sofisticado. 

Tipos e modelos de cortina

Os acabamentos de cortina são outra dúvida comum. Basicamente você pode optar por dois tipos de cortinas: trilho ou varão. Para as cortinas de trilho os acabamentos possíveis de serem feitos são a prega americana, prega macho, prega fêmea e painel. Já nos modelos com varão, os acabamentos costumam ficar entre as argolas, ilhoses e passantes de tecido.

Enquanto você tiver a necessidade de filtrar a intensidade da luz, prefira as cortinas de algodão, linho, sarja ou seda. Uma outra opção também é usar uma composição de tecidos com forro, pois ele protege a cortina nos locais onde bate muito sol.

Você ainda pode escolher entre usar ou não um cortineiro, geralmente de gesso. Nesse caso, os acabamentos ficam escondidos.

Outra opção são as persianas. Esse tipo de cortina traz um ar mais despojado e moderno para o ambiente e podem ser usadas sozinhas ou combinadas com as tradicionais cortinas de pano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM


Como evitar as bolinhas de roupa de cama
A importância de usar um travesseiro específico para pets
Como limpar box de banheiro em passos simples
Diferença entre Porta travesseiros e fronhas
1234