Bem viver
4
outubro

Tecido jacquard: saiba mais sobre a técnica

Apesar de ter sido criado há séculos, o tecido jacquard é um dos preferidos na hora de dar um toque moderno a uma casa, pois os desenhos conferem charme e personalidade ao ambiente, além de serem fáceis de combinar, podendo ser usados não apenas em roupas de banho e cama, mas também almofadas, cortinas, sofás, entre outros.

O que é um tecido jacquard?

A técnica jacquard é usada para produção de tecidos padronizados. Seus padrões ou valores complexos são criados por todo seu comprimento. O tecido jacquard é feito em teares, e cada tipo de tear fabrica um padrão diferente. Nesses teares, os fios da urdidura são controlados de forma individual, não em grupos. 

O processo possibilita a inserção de pequenos detalhes que ficam muito ricos tanto em design quanto em sua estrutura. Como permite o entrelaçamento de diferentes fios, se mostra como uma opção muito versátil na decoração de sua casa.

Origem do jacquard

O tecido jacquard foi inventado no final século XVII. O mecânico têxtil que o criou era chamado de Joseph Marie Jacquard, que deu origem ao nome do tecido. Ele usou um sistema totalmente automatizado, programado por cartões perfurados. Esses cartões davam o comando de entrelaçamento de fios, que originava a padronagem selecionada.

Como o sistema era bem moderno, a invenção foi uma novidade naquele tempo. Antes dela, os desenhos mais elaborados eram feitos somente através do trabalho manual por tecelões. Quando surgiu o tear automático, o que veio com ele foi a possibilidade da criação de tecidos não só mais resistentes, mas também com uma beleza incrível em escala industrial.

Características do tecido de jacquard

  • Esses tecidos possuem a tendência de serem mais alegóricos;
  • Seu brilho é contrastante;
  • Ele é mais alegre e estável do que os tecidos básicos.

Tecidos com tecelagem em jacquard

  • Brocatelle
  • Matelassê
  • Brocado

Diferenças entre estampas e jacquard

Por serem tecidos relativamente parecidos, ainda existem muitas dúvidas em relação às diferenças destes. No caso do jacquard, os desenhos são formados pelos fios entrelaçados, ou seja, no próprio tecido são dadas as formas e os desenhos. 

Na estamparia, o processo é diferente, pois temos um tecido totalmente branco que recebe uma estampa via transferência de calor, pressão ou impressão. Sendo essa estampa superficial, pois é algo que se encontra somente em um lado do tecido plano.

Revestindo com tecido Jacquard

Tecidos jacquard são muito bem-vindos, especialmente em ambientes que possuam um tom mais informal e moderno. Que tal, por exemplo, montar uma linda mesa com uma toalha feito de tecido jacquard? E as cortinas, então? Ficam lindas com esse tipo de tendência! 

Você pode selecionar uma peça especial da sala ou do quarto e revesti-la com um tecido jacquard, sabia? Uma poltrona, um pequeno sofá, cadeiras da sala de jantar… 

Esse tipo de recurso é bastante utilizado na decoração de ambientes e dá um charme incrível a qualquer cômodo! Basta apenas dosar nos demais móveis e certificar-se de que tons sóbrios e padronagens mais lisas foram empregadas neles. Fica ótimo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM


Cores para cozinha: dê mais vida ao ambiente
7 Coisas que ninguém te conta sobre morar sozinho
Tudo o que você precisa saber para criar um cantinho pet
Ambiente integrado: dicas e inspirações para montar o seu
1234