Bem viver
30
agosto

Como usar a iluminação a favor da decoração

Quer criar ambientes luminosamente confortáveis, funcionais e lindos? Ao utilizar pontos de luz estratégicos você obterá resultados impressionantes na decoração da sua casa. Por isso, não hesite em elaborar um projeto de iluminação a favor da decoração da sua casa.

Por meio da iluminação, você consegue ainda dar a sensação de espaços ampliados e destacar a decoração e funcionalidade de cada cômodo. Em ambientes como sala de estar e quarto, por exemplo, normalmente desejamos uma atmosfera mais aconchegante. Quer aprender como usar a iluminação a favor da decoração? Confira o artigo a seguir.

Planeje a iluminação da sua residência

A iluminação a favor da decoração deve ser feita sob medida para cada imóvel, uma vez que não existe uma fórmula única para iluminar ambientes em geral. É importante levar em consideração o estilo da decoração, gostos pessoais, o tamanho dos cômodos, o orçamento disponível, entre outros aspectos.

Coloque no papel tudo o que planeja para a casa em termos de iluminação, pesquise e compare preços, monte checklists e, se possível, converse com especialistas. Isso faz toda diferença na condução do processo, pois norteará suas decisões.

Se quer um ambiente acolhedor, evite o excesso de luz

Se o momento é de uma festinha com os amigos, nada de muita luz. E é aqui que a gente entra, com a nossa segunda dica: se a ideia é criar um ambiente aconchegante na sala, desligue as luzes do teto e aposte em iluminação indireta, com spots de parede ou luminárias de mesa. Como elas têm luz difusa, podem iluminar diretamente, mas de forma suave, sem incomodar os olhos.

Considere a cor das paredes para definir a iluminação

A cor da parede do cômodo interfere diretamente no resultado da iluminação do ambiente. Por isso, esse ponto da decoração também deve ser levado em conta. Se a cor da parede for azul, por exemplo, e a luz que incidir sobre ela for amarela, o efeito final da pintura pode ser verde.

Caso as paredes sejam muito escuras, elas absorverão mais luz e o espaço demandará lâmpadas de maior intensidade. Se as paredes forem claras, a versatilidade é maior e a sensação de amplitude também.

Use iluminação indireta

Abajures, arandelas e luminárias de piso são usados para criar pequenos quadros de luz e usar a iluminação a favor da decoração. São ótimos recursos a fim de atrair a atenção para um objeto ou área específica do ambiente, como quadros, mesas, pequenas estátuas ou estampas no papel de parede. E acabam iluminando todo o ambiente de forma sutil.

Abajures ficam lindos destacando mesas ou aparadores, arandelas chamam a atenção para a parede em que ficam instaladas e as lâmpadas de piso dão destaque para poltronas de leitura, pequenos jardins ou espaços decorados dentro do ambiente.

Vá além da estética para escolher as lâmpadas

Como a iluminação não é apenas uma questão de beleza, na hora da escolha é necessário ir muito além da estética das lâmpadas, refletores, lustres, pendentes, abajures, spots e arandelas.

Pense no aspecto funcional do cômodo e descubra qual é o tipo de lâmpada indicado para o efeito de iluminação que você deseja. O produto deve atender as necessidades do espaço, não o contrário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM


Quais os primeiros cuidados com um lençol novo?
SPA em casa: 5 dicas para um momento relaxante
O que considerar ao comprar toalhas de banho?
1234