Bem viver
11
junho

Como preparar uma mesa de queijos e vinhos

O friozinho chegou e nada melhor do que uma mesa de queijos e vinhos para deixar o clima mais agradável. A ideia é ótima para  receber amigos, familiares ou até mesmo surpreender seu namorado(a) ou esposo(a). No entanto, é necessário entender um pouco sobre o assunto para organizar uma noite especial como esta. 

Para ajudar você a ser um bom anfitrião e preparar uma mesa de queijos e vinhos inesquecível, separamos algumas dicas essenciais para que você tenha tranquilidade e conhecimento na hora de escolher os vinhos, os queijos e os acompanhamentos que serão apreciados pelos seus convidados.

Quantidade por pessoa

Neste tipo de encontro, além dos vinhos, geralmente são servidos diversos tipos de queijos, pães, patês, frios e frutas. E saber a quantidade a servir por pessoa é fundamental para que seus convidados elogiam o tratamento recebido em sua casa.

O ideal é que você calcule inicialmente por pessoa 250g de queijo, 150g de pães e 1 garrafa de vinho para cada duas pessoas, no mínimo.

Variedades para servir

O recomendado é servir de 4 a 6 tipos diferentes. E para iniciar a escolha dos queijos podemos dividi-los por categorias: Queijos frescos; queijos curados; queijos cremosos; queijos macios; queijos semiduros; queijos duros; e queijos azuis. 

É importante destacar que cada categoria de vinho requer um tipo de queijo para sua perfeita harmonização. Além disso,  é importante destacar que cada queijo deve ter a sua própria faca para servir. Isso vai evitar que ocorra a mistura dos aromas e sabores.

Como harmonizar uma mesa de queijos e vinhos

Para se ter uma harmonização assertiva, nem o queijo, nem o vinho devem sobressair. O ideal, na hora de experimentar um ou outro, é seguir um caminho crescente, ou seja, iniciar a degustação com queijos mais leves e terminar com os mais fortes. Com os vinhos, o recomendado é iniciar com espumante e finalizar com os doces e fortificados. 

Para quem não quer se aprofundar na harmonização ao preparar  uma mesa de queijos e vinhos, uma sugestão é escolher um tinto e um branco coringa e pronto. Seguindo essa lógica, os vinhos brancos, geralmente mais leves e com sabor levemente mais ácido, são ok para combinar com a gordura presente no queijo.

Acompanhamentos

Na proposta da  mesa de queijos e vinhos, além do queijo propriamente dito, o verdadeiro protagonista da noite, é bacana também servir alguns acompanhamentos que agregam e harmonizam super bem.

Pães, torradas, patês, saladas e geleias são sugestões interessantes. Frutas secas, nozes, castanhas e pistache são uma excelente pedida. Ah, e as frutas como uva, morango, cereja, damasco, physalis e a pitaya decoram lindamente a tábua.

 

Dê preferência a pães de fermentação natural. Os do tipo sourdough, como o italiano, caem bem com brie, parmesão e manchego. Baguetes também são ótimas. Aliás, lembre-se que se algum dos seus convidados for intolerante ao glúten, é gentil dispor um tipo de pão adequado.

O mel, trufado ou não, é uma boa combinação para um queijo brie. Usar o maçarico também garante uma boa experiência na hora de servir alguns queijos, como o prima donna. Se desejar, inclua na tábua os embutidos, como presunto de parma e salame.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM


Cabeceira para cama box: como escolher a opção ideal
Manchas do edredom: aprenda como eliminar
Como preparar uma mesa de queijos e vinhos
Dicas para usar os tapetes na decoração da sua casa
1234