Bem viver
21
maio

Travesseiro alto ou baixo: aprenda as funções de cada modelo

Dores nas costas, pescoço e cabeça fazem parte da sua rotina ao levantar da cama? Para uma boa noite de sono você precisa dormir com o travesseiro ideal, já que ele é um dos itens principais quando falamos de conforto e relaxamento. Baixo, alto, fofinho, firme. O mercado oferece características para todos os gostos. Mas, você sabe se está usando o modelo correto? 

Como escolher o travesseiro ideal 

Assim como o colchão, o travesseiro é uma escolha que deve ser tomada com bastante cuidado. Sem uma estrutura adequada ele pode causar cervicalgia, cefaleias, torcicolo, formigamento nos brações e mãos. Na hora de escolher o objeto fique atento à sua necessidade individual. 

Ao deitar, o ombro não deve ficar em cima do travesseiro. Independente da posição que você dorme, quando está de costas, a coluna cervical não pode ficar hiperextendida nem hiperflexionada. O travesseiro ideal deve acomodar bem o ombro e a cabeça. 

Dormir com travesseiro baixo pode causar uma inclinação lateral na coluna cervical. Com o travesseiro algo acontece o contrário, a cervical fica muito flexionada. Usar um travesseiro entre os joelhos ajuda a aliviar a pressão na coluna, ajuda no alinhamento do quadril e da região lombar. Se você dorme de bruços, fique atendo, pois a posição pode prejudicar a coluna. Se for inevitável, use um travesseiro baixo na cabeça e outro sob o abdômen para aliviar pressão lombar. 

Agora que você já conhece mais sobre os tipos indicados de travesseiros, veja se está dormindo com os modelos corretos. Lembre-se: muito mais importante que as horas de sono, é a qualidade do sono. Seu corpo e sua mente precisam descanar da maneira correta. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM


Bonitas e macias: você sabe como cuidar das toalhas?
Travesseiro alto ou baixo: aprenda as funções de cada modelo
Casa zen e perfumada: velas e aromatizantes
Bebidas quentes antes de dormir: um abraço para o corpo
1234