Bem viver
7
maio

Ajuda natural: como melhorar o sono com cromoterapia?

Insônia, ansiedade e depressão, considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) o “mal do século XXI”, são algumas das doenças que afetam milhões de pessoas no mundo. A cromoterapia, tratamento que, através da energia das cores, auxilia no equilíbrio e harmonia entre o corpo, mente e emoções tem sido cada vez mais usada para ajudar diversos tipos de casos. 

Origem da cromoterapia

O tratamento de doenças por meio das cores tem sido praticado desde 2800 a.C, por gregos, egípcios, chineses e indianos. Essas culturas utilizavam pedras preciosas e flores para curar os doentes. Atualmente, hospitais de vários países já utilizam a cromoterapia em bebês prematuros, com o uso da luz ultravioleta. A técnica que utiliza cores é reconhecida, desde 1976 pela OMS, como uma das principais terapias complementares.

Aplicando no dia a dia 

A escolha das cores não é por acaso, cada uma tem sua função terapêutica específica e atua em um chakra ou um órgão do corpo humano. Cada cor atrai um tipo de energia fundamental para o bom funcionamento do organismo. Para boas vibrações na sua vida, o tratamento pode ser feito em conjunto com a meditação. As cores restabelecem e energizam o que está bloqueado no corpo.

O ideal é que cada emoção ou parte do corpo seja trabalhada com uma cor específica, de acordo com a necessidade. O aspecto emocional e a parte física podem ser beneficiados com o tratamento. Mas é importante ressaltar que os resultados dependem da intensidade com que as cores são utilizadas. 

As cores e seus significados  

> Vermelho: intensa e estimulante, é indicada para afastar a depressão e o desânimo. É a cor das paixões, conquistas e sexualidade. Atenção ao usá-la no quarto, pois pode causar insônia e agitação.
> Amarelo: viva, ela ajuda no raciocínio e espanta os pensamentos obsessivos. É a cor da inteligência, do estudo e da criatividade.
> Laranja: restauradora, ajuda na recuperação emocional. É a cor da coragem, da reconstrução e da evolução.
> Verde: calmante e sinônimo de equilíbrio. A cor melhora qualquer condição física negativa e energiza a alma. O verde não possuí nenhuma contraindicação.
> Azul: traz paciência e serenidade. A cor tranquiliza o corpo e a mente, e é indicada para insônia e estresse, pois ajuda a melhorar a qualidade do sono.
> Índigo:equilibra as energias, aflora a intuição e purifica a os ambientes.
> Violeta ou lilás: espiritual e mística. A cor ajuda no desequilíbrio emocional e descrente. Na casa, a cor limpa e isola os ambientes da má vibração.
> Rosa: afeto, amor e união. A cor ajuda no equilíbrio dos relacionamentos pessoais e profissionais.

As cores da cromoterapia, presentes no arco-íris, têm grande influência em nossas vidas e emoções. Além de auxiliarem em aspectos físicos, elas têm poder na energia do lar. Você tem vestido as cores que potencializam o que necessita para a vida? A cor regente da decoração do seu quarto está de acordo com suas emoções? Para ter dias e emoções melhores, sugerimos este vídeo, que pode ser usado durante a meditação ou para dormir. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM


Bonitas e macias: você sabe como cuidar das toalhas?
Travesseiro alto ou baixo: aprenda as funções de cada modelo
Casa zen e perfumada: velas e aromatizantes
Bebidas quentes antes de dormir: um abraço para o corpo
1234