Bem viver
27
outubro

Protetor de colchão: três motivos para usar

Talvez você pense que é um acessório a mais e que ele não faz diferença, mas é bom ficar atento: o protetor de colchão tem funções que a gente às vezes nem imagina. Com uma camada que envolve toda a cama e é presa por elásticos nas pontas do colchão, ele pode ser fabricado de diversas matérias-primas e acabamentos.

Separamos três motivos básicos pelos quais você deve optar pelo protetor de colchão para a sua cama.

1) Limpeza e saúde

Muitas das toxinas que acumulamos durante o dia acabam sendo eliminadas à noite. E evitar que elas cheguem até o colchão é uma das funções do protetor. Isso porque a nossa cama, diferente do item de proteção, não pode ser lavada. Logo, se cabelos e secreções da pele, por exemplo, chegarem até ele, ficarão para sempre.

Outra questão importante é que os ácaros encontram no colchão desprotegido um ambiente perfeito para se proliferarem. Com a umidade recorrente vinda do suor e da oleosidade natural da pele, eles acabam se multiplicando rápido e piorando a situação de quem tem algum tipo de alergia respiratória, como as rinites.

2) Garantia protegida

Com o protetor, você evita também aquelas manchas amareladas que acontecem por conta do suor que chega aos tecidos. Nos travesseiros é fácil perceber esses movimentos. Nem sempre eles significam que o produto está velho, podem ser só resultado do excesso de umidade.

Para algumas marcas de colchões, essas manchas são motivos de invalidação da garantia. Mesmo que a questão seja em outra área do produto, é possível que, por causa delas, você não receba um item novo. Então, se o seu colchão foi comprado recentemente, o investimento em um protetor é também a certeza de que a sua garantia está assegurada.

Vale lembrar que alguns protetores de colchão ainda são impermeáveis, atuando contra manchas de xixi de criança, pets e outros líquidos.

3) Manter seu colchão confortável por mais tempo

As espumas que compõem o colchão são similares às esponjas que usamos para a louça – numa quantidade e qualidade superior, claro. Na medida em que vai recebendo umidade, a esponja vai perdendo suas características naturais e fica menos firme. O mesmo acontece com o colchão.

Uma das grandes funções do protetor é reduzir ou evitar que a umidade chegue até as fibras, evitando essa perda de firmeza. Isso quer dizer, na prática, que o produto fica novo e sem aqueles famosos “buracos” por mais tempo.

Viu como é importante entender o porquê da existência dos produtos? Agora que você já sabe, entenda também as diferenças entre o protetor de travesseiros e as fronhas e adote esses dois itens na sua rotina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM


Como evitar as bolinhas de roupa de cama
A importância de usar um travesseiro específico para pets
Como limpar box de banheiro em passos simples
Diferença entre Porta travesseiros e fronhas
1234