Bem viver
8
junho

Quarto Montessoriano: o que é o método e como aplicar

Quando você vê um quarto com móveis baixos e a criança tendo acesso a tudo, certamente acha legal. Mas pode ter muito mais a ver com educação e formação do que a gente imagina. O Método Montessori é um conjunto de práticas criado em 1907 que é baseado em sete premissas. Uma das mais importantes é a autoeducação.

E o que o quarto tem a ver com isso? O espaço que é dedicado à criança que segue esse método oferece elementos do tamanho e ao alcance do pequeno, para que ele tenha autonomia para se desenvolver.

Na prática: ao invés de uma cama ou berço alto, com um colchão no chão a criança consegue levantar e deitar na hora que tiver vontade. Os brinquedos ficam acessíveis para que ele possa escolher quando e o que brincar. E várias outras mudanças simples que podem fazer a diferença.

Nestes espaços, quatro itens bem simples são indicados. São eles:

– Espelho: a ideia é que a criança possa se reconhecer, ver e compreender a sua própria imagem. Claro que, por uma questão de segurança, ele deve estar preso à parede.

– Uma barra na parede: a ideia é que a criança tenha um apoio para, quando for o seu momento, fique em pé e comece a andar.

– Tapete: para os bebês, a ideia é promover experiências sensoriais. Já para os maiores, o espaço de brincar fica delimitado e organizar o espaço se torna mais fácil.

– Um armário baixo: ou pelo menos uma prateleira em que a criança tenha acesso a algumas mudas de roupa. Assim, ela aprenderá a escolher e desenvolver o seu gosto próprio.

Pra deixar o quarto ainda mais inspirador, separamos algumas roupas de cama que podem estimular a criatividade do seu pequeno. Já pensou inventar histórias e desenvolver a imaginação da criança olhando para a cama?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM


Cinza é o novo preto: confira porque esse tom é tendência
Três dicas para curtir a Copa do Mundo em casa
Quiz: como está o seu travesseiro?
Dia dos namorados: esqueceu o presente? Faça uma surpresa!
1234